domingo, 9 de março de 2014

Esperança


Meu amor, te dou meu amor, lhe entrego o coração
Minha paciência e calma para esperar por ti
E nesta espera que somente te espera amar assim
Implora a Deus, os olhos ao céu, joelho ao chão

Dos dias de sol que me ofuscam vermelha a visão
Dos dias frios que empurram para minha solidão
Nas chuvas que caem nos domingos triste sem você
Espero a ti meu amor, sem mesmo saber o por que

Se brota o sol em meio a toda esta escuridão
Feliz fica ainda e muito mais meu coração
Da lembrança do teu sorriso que vi apenas uma vez
Vendo em mim a esperança de ter ter comigo se refez

E se a chuva cessa, não diminiu ainda mais meu amor
Minha esperança se renova nas gotas que ficaram pelo chão
E em sonhos eu ainda posso sentir em minha face tua mão
O meu querer que só quer te ter, para cessar minha dor

A espera me amargura e me aperta a cada segundo o coração
E ora para que não mais se alargue entre nós este vão
Que me separa de ti, e me deixa tão triste pelos dias a fora
E assim espero pelo momento de te ter, para sempre e agora

- Rodrigo Fernandes Moraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário